pega com sobrinhos de Cacciola - Brasil - iG" /

Suspeito nega ter feito pega com sobrinhos de Cacciola

O empresário Daniel Mascarenhas Alvim Carvalho negou hoje que estivesse participando de um pega junto com Rodrigo Lyrio Badin, Giacomo e Giordano Cacciola, sobrinhos do ex-banqueiro Salvatore Cacciola. Os quatro foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã de sábado depois que um deles bateu numa Kombi no quilômetro 53 da Rodovia Washington Luis, na região serrana do Rio de Janeiro.

Agência Estado |

De acordo com testemunhas ouvidas pela PRF, eles dirigiam seus carrões, um Porsche Cayman, um Audi S5, um BMW 550i e um BMW M3, a mais de 200 km/h, enquanto um dos rapazes filmava as manobras do teto solar.

"Vamos mostrar em juízo que nada disso é verdade. Eu não estava praticando racha e não houve prisão", disse Daniel, de 26 anos, sócio de uma empresa de treinamento para operadores do mercado de capitais. Segundo o delegado da 106ª Delegacia de Polícia (DP), Antonio Celso, os quatro não quiserem prestar depoimento no sábado. O inquérito foi encaminhado para o Juizado Criminal de Itaipava e no dia 8 de maio será realizada a primeira audiência do caso.

De acordo com a legislação, eles responderão em liberdade pelo envolvimento em acidente de trânsito durante corrida automobilística em via pública. Os irmãos Cacciola, Giordano, de 31 anos, e Giacomo, de 24, trabalham na empresa de móveis Lacca, fundada pelo pai, Renato, irmão do ex-banqueiro Salvatore, preso em Bangu 8, no Rio. Procurados, eles não quiseram dar entrevista.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG