Suspeito de matar Sendas se apresenta à polícia do Rio

O motorista Roberto Costa Júnior, suspeito de assassinar o empresário Arthur Sendas, apresentou-se hoje à polícia no Rio de Janeiro. O anúncio foi feito pela assessoria de comunicação da Polícia Civil.

Agência Estado |

Dono da rede varejista de supermercados Sendas, o empresário foi baleado na cabeça no fim da noite de domingo em seu apartamento, no Leblon, na zona sul da capital fluminense, e morreu de madrugada, no Hospital Samaritano, em Botafogo.

O suspeito trabalhava para um dos netos da vítima e é filho de um motorista da família. O assassinato teria sido motivado, de acordo com a delegada-adjunta da 14ª Delegacia de Polícia do Leblon, Bianca Araújo, por dificuldades financeiras do suspeito, que foi flagrado pelas câmeras de segurança entrando e saindo do prédio, antes e depois do crime.

De acordo com a polícia, o suspeito chegou ao apartamento da família Sendas pouco antes da meia-noite, quando o empresário se preparava para dormir. Costa Júnior foi atendido por uma empregada, disse que o pai havia sofrido acidente de carro e pediu para falar com o patrão. Em seu depoimento, a empregada afirmou que Sendas foi ao encontro do motorista. Ela não presenciou a conversa, que durou no máximo dez minutos, até o disparo ser ouvido.

Na hora do crime, estavam no apartamento a mulher de Sendas, Maria Ablen Sendas, a filha do empresário, Márcia, de 35 anos, e quatro empregados. Sendas ainda foi levado com vida para o hospital, mas morreu durante a realização dos primeiros exames.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG