Jovem de 23 anos é suspeito de matar sargento da PM aposentado e homem de 60 anos durante assalto a lotérica

selo

A Polícia Civil prendeu, no início da manhã desta quarta-feira, um homem de 23 anos suspeito de matar um sargento da Polícia Militar aposentado e um cliente durante um assalto a uma lotérica em São Paulo. Ele foi encontrado na casa de familiares na Paraíba.

O crime aconteceu no dia 23 de março, em uma lotérica em Santo Amaro, na zona sul da capital paulista. O sargento José Carlos Ribeiro, de 68 anos, e o pintor José Andrade de Sousa, de 60 anos, foram mortos a tiros após o acusado e seus dois comparsas roubarem R$ 600. O policial teria reagido ao assalto.

A polícia recebeu uma denuncia anônima informando que o suspeito estava escondido em um sítio na cidade de Alhandra, na região metropolitana de João Pessoa. No momento da prisão, ele apresentou um documento de identidade falso. Questionado, o preso, segundo a polícia, confessou ter comprado o documento por R$ 300 na capital paulista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.