Suspeito de estupro dorme e é preso na Grande São Paulo

VARGEM GRANDE PAULISTA - Um pedreiro de 39 anos foi preso, por volta das 5 horas de domingo, enquanto dormia em uma casa na cidade de Vargem Grande Paulista, na Grande São Paulo. Segundo a polícia, ele é suspeito de ter estuprado uma adolescente de 15 anos.

Redação |

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), quando o pedreiro adormeceu a vítima conseguiu sair da casa e acionou a Polícia Militar. Aos polícias, contou que foi abordada em um ponto de ônibus na noite de sábado e, sob ameaça de uma faca, obrigada a acompanhar o pedreiro até uma casa.

No local, segundo a polícia, a adolescente foi obrigada a ingerir bebida alcoólica e, depois, foi agredida e estuprada diversas vezes por cerca de 7 horas. Os policiais encontraram na casa peças íntimas, uma garrafa de pinga vazia e brincos da jovem.

Na Delegacia de Polícia Cotia, os policiais verificaram que o suspeito era foragido da Justiça e já possuía, inclusive, uma acusação de estupro. A vítima foi encaminhada ao Hospital Pérola Byington, na capital paulista, para a realização de exames.

Abuso contra garoto

No estado de São Paulo, um carpinteiro de 48 anos também foi preso, no domingo, suspeito de abusar sexualmente de um menino de 15 anos, na casa do adolescente, na Vila Brasilândia, zona norte da capital paulista.

Segundo relato do estudante, ele estava comemorando o aniversário da bisavó, quando foi ao banheiro para lavar o rosto. Em seguida, o carpinteiro, que também estava na festa, entrou no banheiro, trancou a porta e o obrigou a ter relações sexuais.

Conforme a SSP, o menino disse que foi solto e contou o que aconteceu a seu tio, que chamou a polícia.

Leia mais sobre: estupro

    Leia tudo sobre: estuprosão paulovítima

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG