Susan Boyle vai às compras Por Ricardo Bairos (8.jun) Susan Boyle recebeu alta da clínica Priory, onde passou cinco dias em tratamento contra a estafa.

A cantora escocesa de 48 anos, que ficou em segundo lugar no "reality show" "Britain's Got Talent", fez sua primeira aparição pública este fim de semana, quando saiu para fazer compras na loja Lulu & Fred, no norte de Londres. Ela parecia feliz e fez muitas piadas com os funcionários da loja. A cantora estava acompanhada de sua médica, Sarah Lotzof. Boyle vai sair em turnê com outros participantes do "reality show" nas próximas semanas. (Planet Pop)

ESTRELA-MIRIM DE "MILIONÁRIO" VAI LANÇAR LIVRO
(8.jun) Ela tem apenas 9 anos, mas a estrela-mirim de "Quem Quer Ser Um Milionário?" vai lançar sua autobiografia. Rubina Ali, que fez o papel da jovem Latika no filme ganhador do Oscar deste ano, vai lançar o livro "Slumdog Dreaming" em 16 de julho na América do Norte e na Grã-Bretanha. Na obra, ela conta histórias de sua infância: de como joga bolinhas de gude com amigos na favela Garib Nadar, de Bombaim, na Índia, a sua participação no Oscar, onde conheceu celebridades como Nicole Kidman. A favela em que a família da menina morava foi derrubada pela polícia local recentemente. Ela tem sido ajudada pelo diretor Danny Boyle e outros representantes do filme. (Planet Pop)

FAMÍLIA DE DAVID CARRADINE PEDE AJUDA AO FBI
(8.jun) A família de David Carradine quer a ajuda do FBI para investigar a morte do ator em um quarto de hotel de Bangkok, na Tailândia, que parece ter sido considerada um suicídio pela polícia local. O ator, de 72 anos, estava enforcado no armário de sua suíte de luxo. O advogado Mark Geragos, que representa a família, disse que estão todos desesperados por informações sobre a morte e que ninguém acredita que ele tenha tirado a própria vida. Sua empresária, Tiffany Smith, também põe de lado a hipótese de suicídio. Além do filme que rodava na Tailândia, o ator tinha outros três projetos alinhados para os próximos meses. Os resultados da autópsia não foram revelados até agora. O corpo do ator já estaria em Los Angeles. (Planet Pop)

WILL.I.AM DESISTE DE CARREIRA-SOLO
(8.jun) Will.I.Am disse que não vai mais gravar discos-solo, porque pretende concentrar todo seu trabalho no grupo Black Eyed Peas. O músico começou sua carreira na banda, mas fez muito sucesso com o álbum-solo "Songs About Girls", de 2007, e como produtor de outros artistas. Ele disse que tudo a partir de agora vai ter a ver com a banda, porque ficou muito satisfeito com o disco mais recentes deles, "The End", que ele considera o melhor do grupo até hoje. "Vai ser difícil superar isto." (Planet Pop)

"UP - ALTAS AVENTURAS" FICA DE NOVO NO TOPO DA BILHETERIA
(8.jun) "Up - Altas Aventuras" ficou novamente no topo da bilheteria americana este fim de semana. O desenho animado de 3-D do estúdio Pixar faturou mais US$ 44,2 milhões de sexta-feira a domingo nos cinemas americanos. No total, a fita já fez US$ 137,3 milhões em dez dias apenas na América do Norte. A comédia "The Hangover", de Todd Philips, ficou em segundo lugar na bilheteria, com US$ 43,3 milhões arrecadados no fim de semana, uma quantia muito alta para uma comédia. A comédia de aventura "Land of the Lost", com Will Ferrell, estreou com um faturamento de US$ 19,5 milhões, valor considerado decepcionante. (Planet Pop)

ATOR "MORTO" DE "LOST" APARECE EM NOVO ANÚNCIO DA ABC
(8.jun) Um dos personagens mortos do seriado de TV "Lost" apareceu em uma campanha promocional da emissora de TV ABC, o que deixou muitos fãs do programa com a pulga atrás da orelha. Charlie Pace (personagem de Dominic Monaghan) joga totó com Courteney Cox Arquette ("Cougar"), Ed O'Neill ("Modern Family") e Patrick Demsey ("Grey's Anatomy") no comercial da campanha "ABC House". Em uma jogada, Dempsey faz uma ameaça a ele: "Você é um homem morto!" Ele responde: "Na verdade, eu era¿" Este "era" é que causou muita discussão este fim de semana nos blogs sobre "Lost". Pace morreu afogado no episódio final da terceira temporada do show.

"THE SHIELD" CONCORRE A PRÊMIO DE CRÍTICOS DE TV
(8.jun) "The Shield" foi cancelado, mas o seriado de TV ainda recebeu quatro indicações aos prêmios da Television Critics Association, um grupo de críticos americanos. O seriado de TV policial, que terminou sua sétima e última temporada em novembro, vai disputar a categoria de melhor programa de TV com "Lost", "Mad Men", "Saturday Night Live" e "Battlestar Galactica". "The Shield" também concorre nas categorias de melhor série dramática e melhor atuação em um drama (Walter Goggins). O show também vai disputar o Heritage Award, dado a programas que tiveram um impacto cultural. Os outros indicados são "ER", "M*A*S*H", "Saturday Night Live" e "Star Trek". Entre as comédias, as preferidas dos críticos são "30 Rock", "The Big Bang Theory", "The Daily Show", "How I Met Your Mother" e "The Office". Os ganhadores dos prêmios vão ser anunciados em 1º de agosto. (Planet Pop)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.