Susan Boyle, estrela britânica na Internet, é internada em clínica

LONDRES (Reuters) - A cantora britânica sensação na Internet Susan Boyle deu entrada numa clínica particular depois de ter ficado em segundo lugar na final do popular concurso da TV Britains Got Talent, divulgou a mídia britânica. Desleixada e nada glamurosa, Boyle parecia uma estrela improvável quando primeiro apareceu no programa, em abril, mas estarreceu os jurados e ganhou o apoio unânime do público quando cantou I Dreamed a Dream, de Les Miserables.

Reuters |

Boyle, 48 anos, era vista como favorita absoluta para vencer os outros nove finalistas no sábado, depois de clipes de sua participação anterior no programa terem sido descarregados quase 200 milhões de vezes e de ela ter sido saudada em todo o mundo como superestrela.

Mas, de acordo com o jornal The Sun, ela sofreu um "colapso emocional" em seu hotel em Londres, no domingo.

Um porta-voz da polícia confirmou que policiais foram chamados a um hotel de Londres "por médicos que davam assistência a uma mulher sob a lei de saúde mental."

"Ela foi levada voluntariamente de ambulância a uma clínica. Atendendo ao pedido dos médicos, a polícia acompanhou a ambulância," disse o porta-voz.

Apesar das expectativas de que Boyle ganharia uma fortuna com seu talento e sua fama quase instantânea, os organizadores do "Britain's Got Talent" manifestaram preocupação com sua capacidade de enfrentar pressões.

Boyle, que sofreu falta de oxigênio em seu nascimento, o que a levou a sofrer danos cerebrais leves, vem sendo perseguida pela imprensa mundial desde o início de abril e, segundo um dos jurados do programa, Piers Morgan, irrompeu em lágrimas em vários momentos durante a fase que antecedeu a final do programa.

Quase 4 milhões de pessoas telefonaram ao programa para escolher o vencedor, e a trupe de dança de rua Diversity venceu com 24,9 por cento dos votos, à frente dos 20,2 por cento conquistados por Boyle.

O Diversity ganhou o prêmio de 100 mil libras (160 mil dólares) e vai se apresentar na Royal Variety Performance diante da rainha Elizabeth.

O futuro financeiro de Susan Boyle é tido como assegurado, apesar de ela ter ficado em segundo lugar, com a perspectiva de que o jurado Simon Cowell, do "Britain's Got Talent," e seu selo musical Syco assinem contrato com ela para a produção de um álbum. Também foi aventada a possibilidade de um filme de Hollywood sobre sua história.

A imprensa citou os produtores do programa de TV como tendo dito que Boyle estaria "exausta e emocionalmente esgotada."

"Ela foi atendida por seu clínico geral particular, que apoia sua decisão de tirar alguns dias de folga para descanso e recuperação," teriam dito os produtores em comunicado à imprensa, segundo um jornal.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG