SUS terá de financiar transplante para criança nos EUA

A União e o Estado do Ceará terão de financiar, nos Estados Unidos, cirurgia de transplante de fígado para uma criança portadora de uma doença conhecida como xarope de bordo na urina. A União havia alegado que a cirurgia poderia ser realizada no Brasil.

Agência Estado |

Entretanto, os transplantes de fígado em crianças realizados no País pertencem a uma modalidade comum, e o tratamento nesse caso requer transplante de fígado com manejo metabólico.

Caso esse procedimento não fosse aplicado, poderia ocorrer uma descompensação metabólica capaz de provocar danos neurológicos e até mesmo a morte do paciente. A enfermidade se caracteriza pela deficiência na metabolização de alguns aminoácidos e pode causar danos ao sistema neurológico.

O Ministério Público Federal (MPF) ressaltou ainda que a Justiça Federal determinou que o Sistema Único de Saúde (SUS) destaque um médico brasileiro para acompanhar o transplante nos EUA. Dessa forma, esse profissional terá acesso ao procedimento cirúrgico e poderá repassar o conhecimento adquirido para outros médicos no Brasil, o que irá beneficiar pacientes portadores da mesma doença.

A determinação, segundo a Procuradoria Regional da República da 5º Região, foi dada pela Primeira Turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5º Região, que manteve a decisão da 5º Vara da Justiça Federal no Ceará, ao julgar ação pública feita pelo MPF.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG