A vacina contra a hepatite B será estendida, a partir deste mês, para cerca de 60 mil salas de vacina do Sistema Único de Saúde (SUS), com foco em populações mais vulneráveis. Além da ampliação do acesso, também foram incorporados mais grupos prioritários, entre eles caminhoneiros, portadores de doenças sexualmente transmissíveis, gestantes e pessoas que vivem em assentamentos e acampamentos.

De acordo com o Ministério da Saúde, foram adquiridas 33 milhões de doses, que serão oferecidas no decorrer deste ano. São 18 milhões a mais do que o destinado no ano anterior. A imunização contra a doença é uma das principais medidas de prevenção. Após as três doses, mais de 90% dos adultos jovens e 95% das crianças e adolescentes ficam imunizados contra a hepatite B.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.