BRASÍLIA ¿ O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, relator da ação penal do caso ¿mensalão¿, encaminhou um ofício ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva informando de sua indicação como testemunha de defesa dos réus Roberto Jefferson e José Janene, ambos ex-deputados.

O presidente pode escolher a data e o horário de seu depoimento e até optar por encaminhar seu parecer por escrito, mas não pode se recusar a atuar como testemunha.

O gabinete da Presidência ainda não informou se Lula vai comparecer pessoalmente para depor ou se optará pelo modo mais discreto.

Além de Lula, o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), também foi notificado hoje de sua indicação como testemunha de defesa. Temer foi escolhido pelo ex-deputado José Rodrigues Borba.

Leia mais sobre: mensalão  - Lula

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.