Supremo manda Senado empossar suplente de cassado

BRASÍLIA - O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou nesta quarta-feira à mesa do Senado que emposse o suplente de senador Acir Marcos Gurgacz no lugar do senador Expedito Junior, que foi cassado pela Justiça, mas continua no Congresso. Por 7 votos a 1, o STF ordenou que o senador deixe o cargo imediatamente.

Agência Estado |

No julgamento, o decano do STF, Celso de Mello, protestou contra o fato de Expedito Junior ainda exercer o cargo de senador apesar de ter sido cassado. "É inaceitável que as mesas das Casas do Congresso não cumpram decisões emanadas do TSE, especialmente quando já houve específicos pronunciamentos do STF na sua condição de guardião da Constituição", disse.

Segundo o ministro, isso é uma insubordinação inconcebível no estado democrático de direito.

Leia mais sobre: Senado - STF

    Leia tudo sobre: senadostf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG