Suposto número um do Comando Vermelho irá para o presídio Bangu 1

RIO DE JANEIRO - Considerado o número um do Comando Vermelho (CV), Fábio Pinto dos Santos, o Fabinho do São João, chegou por volta das 13h30 desta sexta-feira ao aeroporto Santos Dummont, no Rio, após ter sido preso na quinta-feira em Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina. O traficante foi detido quando negociava a compra de um carro em uma agência de automóveis. Fabinho do São João será levado para o presídio Bangu 1, na zona oeste do Rio.

Daniel Gonçalves, do Último Segundo |

Acordo Ortográfico

Os policiais da 20ª DP (Vila Isabel) receberam apoio de agentes da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Santa Catarina para efetuar a prisão do traficante. Com Fabinho do São João foram encontrados vários objetos, entre eles duas correntes de ouro, R$ 8 mil, sete celulares, um notebook, as chaves de três veículos e um chip de celular.

AE

Fabinho do São João desembarca no aeroporto Santos Dumont sob escolta policial 

De acordo com a polícia, Fabinho do São João tem três mandados de prisão, um pela sua fuga e outro por sua participação em um tiroteio no morro dos Macacos. O terceiro mandado é por estar envolvido na troca de tiros com agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Autos (DRFA) no final do mês de novembro do ano passado, em Manguinhos, na capital fluminense. Na ocasião, cerca de seis policiais ficaram feridos e vários veículos foram alvejados.

Segundo os policiais, o preso comanda o tráfico de entorpecentes em vários morros do Rio, entre eles o de Manguinhos, controlado pelo Comando Vermelho. Fábio Pinto dos Santos era um dos criminosos mais procurados do Rio de Janeiro e existe a suspeita de que ele atuava com Tota, um traficante que está desaparecido e que teria morrido após um atentado no Complexo do Alemão.

*Com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: Comando Vermelho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG