RIO DE JANEIRO - Considerado o número um do Comando Vermelho (CV), Fábio Pinto dos Santos, o Fabinho do São João, chegou por volta das 13h30 desta sexta-feira ao aeroporto Santos Dummont, no Rio, após ter sido preso na quinta-feira em Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina. O traficante foi detido quando negociava a compra de um carro em uma agência de automóveis. Fabinho do São João será levado para o presídio Bangu 1, na zona oeste do Rio.

Acordo Ortográfico

Os policiais da 20ª DP (Vila Isabel) receberam apoio de agentes da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Santa Catarina para efetuar a prisão do traficante. Com Fabinho do São João foram encontrados vários objetos, entre eles duas correntes de ouro, R$ 8 mil, sete celulares, um notebook, as chaves de três veículos e um chip de celular.

AE

Fabinho do São João desembarca no aeroporto Santos Dumont sob escolta policial 

De acordo com a polícia, Fabinho do São João tem três mandados de prisão, um pela sua fuga e outro por sua participação em um tiroteio no morro dos Macacos. O terceiro mandado é por estar envolvido na troca de tiros com agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Autos (DRFA) no final do mês de novembro do ano passado, em Manguinhos, na capital fluminense. Na ocasião, cerca de seis policiais ficaram feridos e vários veículos foram alvejados.

Segundo os policiais, o preso comanda o tráfico de entorpecentes em vários morros do Rio, entre eles o de Manguinhos, controlado pelo Comando Vermelho. Fábio Pinto dos Santos era um dos criminosos mais procurados do Rio de Janeiro e existe a suspeita de que ele atuava com Tota, um traficante que está desaparecido e que teria morrido após um atentado no Complexo do Alemão.

*Com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: Comando Vermelho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.