Suposto hacker brasileiro é preso na Holanda

Um brasileiro acusado de controlar computadores para cometer crimes por meio da internet foi detido hoje na Holanda, informou a Polícia Federal (PF). Intitulada Conexão Holanda, a operação foi executada após quatro meses de investigação da Unidade de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal (PF) em São Paulo e do FBI.

Agência Estado |

A PF não revelou o nome do brasileiro.

Segundo a PF, a prisão do suspeito ocorreu quando ele negociava a venda de acesso a PCs controlados indevidamente e que permitem ataques contra bancos e servidores de grandes empresas. Além do suposto hacker, foram presos outros dois suspeitos de envolvimento na fraude, sendo um deles holandês.

Em São Paulo, agentes da PF cumpriram mandados de busca, expedidos pela Justiça Federal, em dois imóveis do brasileiro em Taubaté, no Vale do Paraíba, e Caraguatatuba, no litoral norte. Foram apreendidos 10 discos rígidos, quatro notebooks, 500 CDs e DVDs e documentos. Agora, de acordo com a PF, será possível descobrir o total de máquinas controladas e que seriam utilizadas em golpes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG