Por Steve Gorman LOS ANGELES (Reuters) - Um filme que supostamente mostra o lendário guitarrista Jimi Hendrix fazendo sexo com duas mulheres foi colocado à venda na terça-feira pela Internet, na cola dos pornôs caseiros de outras celebridades, vivas ou mortas.

Em 11 minutos de gravação, um homem parecido com Hendrix se contorce com duas morenas não identificadas, num quarto mal iluminado. O trecho é parte de um DVD de 45 minutos distribuído pela Vivid Entertainment, de Los Angeles.

Essa é a mesma distribuidora que colocou no mercado o famoso vídeo pornô da atriz Pamela Anderson com o roqueiro Tommy Lee, entre outros. Em nota à imprensa, a empresa disse que as imagens de Hendrix foram gravadas há 40 anos num quarto de hotel e descobertas por um colecionador.

Hendrix, um dos maiores guitarristas da história do rock, responsável por clássicos como 'Hey Joe', 'Purple Haze' e 'Foxy Lado', morreu em 1970, aos 27 anos, em Londres.

'Este novo filme mostra que Jimi Hendrix poderia ter sido tão bom como ator pornô quanto foi como astro do rock', diz Steve Hirsch, co-presidente da Vivid, que assina a nota de lançamento.

A autenticidade das imagens, porém, foi contestada. Kathy Etchingham, que namorou com ele na década de 1960, disse ao New York Times após ver fotos tiradas do filme que 'não é ele'.

'O rosto está amplo demais, e as narinas são largas demais para [serem de] Jimi', afirmou ela por email ao jornal.

Charles R. Cross, autor de uma respeitada biografia do guitarrista, também contestou a identidade do homem do vídeo, que usa uma cabeleira afro e uma faixa no cabelo.

'Não se encaixa no Jimi', comentou ele ao Times, dizendo que já tinha visto essas imagens ao fazer pesquisa para o livro e, como outros estudiosos, a descartou por considerá-la falsa.

Mas a Vivid disse ter consultado vários especialistas, inclusive a biógrafa Pamela Des Barres e a artista Cynthia Albritton, conhecida como Cynthia Plaster Caster ('Cynthia do Gesso') por ter feito moldes em gesso de genitais de celebridades --inclusive Hendrix.

Ambas aparecem no DVD, chamado 'Jimi Hendrix Sex Tape,' comentando as cenas.

'Elas ambas tiveram imediatamente a mesma reação: 'Não posso acreditar, é o Jimi Hendrix,'' disse Hirsch.

A Vivid comprou as imagens de um distribuidor individual, Howie Klein, que havia procurado a empresa depois de adquirir a fita do colecionador que a descobriu, segundo Hirsch.

O empresário disse à Reuters que a Vivid contratou detetives que localizaram o homem que diz ter feito as imagens coloridas em super-8. A Vivid então teria feito um acordo com ele para comercializar o DVD. 'Por isso acreditamos deter os direitos', afirmou.

A Experience Hendrix, empresa de parentes do músico que controla os direitos sobre a música dele, não quis comentar o assunto.

O DVD custa 39,95 dólares e por enquanto está à venda apenas no site www.hendrixsextape.com, mas na terça-feira que vem chegará às lojas dos EUA, segundo Hirsch.

Há duas semanas, um empresário de Nova York comprou um filme de 15 minutos em que Marilyn Monroe faz sexo oral. O corretor dessa transação disse que o comprador não pretende mostrar as imagens publicamente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.