Uma bolsa com um suposto artefato explosivo que estava abandonada em uma agência bancária, no Centro de São Paulo, era na verdade um vidro de perfume. Segundo a Polícia Militar, algumas pessoas ligaram por volta do meio-dia de hoje para o 190 e avisaram sobre a bolsa.

A agência, no Viaduto Santa Ifigênia, ficou isolada por aproximadamente um hora. Os agentes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) suspeitaram que se tratava de uma granada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.