O petista Eduardo Suplicy (SP) voltou a usar a cor vermelha para surpreender a todos no Senado. Depois de ¿expulsar¿ com um cartão vermelho o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), e o primeiro-secretário, Heráclito Fortes (DEM-PI), o ex-boxeur vestiu uma sunga vermelha por cima do terno e, em pleno Salão Azul, andou alguns metros com a peça de banho ¿ e, obviamente, foi flagrado em fotos e imagens de TV.

Suplicy protagonizou a cena a pedido da modelo Sabrina Sato, que faz as vezes de apresentadora do programa Pânico na TV, da Rede TV!. O senador explicou que a própria Sabrina, que tem visitado o Senado às quartas-feiras em busca de matérias irreverentes, o ajudou a vestir o calção, o qual usou por menos de um minuto. Para ele, não há quebra de decoro em uma "brincadeira".

Leia reportagem completa no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.