Suplente de Clodovil assume cargo se dizendo linha dura e contra união gay

BRASÍLIA - O suplente do deputado Clodovil Hernandes, morto na última semana, Jairo Paes de Lira (PTC-SP), assumiu a vaga de deputado federal nesta tarde. Dizendo aceitar o rótulo de ¿linha dura¿, o novo parlamentar, que teve cerca de sete mil votos ¿ contra quase 500 mil de seu antecessor ¿ se mostrou contrário à união civil homossexual e disse que, caso fosse encaminhado para o gabinete de Clodovil, mudaria toda a decoração.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

Sou católico e acredito nos fundamentos da tradição cristã. [se tiver que votar a união civil homossexual] Voto contra, disse.

Entre as principais linhas de seu mandato, Jairo alegou que vai usar sua experiência na área de segurança pública, uma vez que é coronel reformado, para apresentar projetos de Lei. Também vai lutar contra o aborto.

Questionado sobre o pequeno número de votos que recebeu para chegar Câmara, Jairo disse que foi eleito pelo sistema constitucional para eleições proporcionais e que vai ter o mesmo peso e importância de seus pares.

O novo deputado ainda defendeu a redução da maioridade penal. De acordo com ele, um cidadão que pode votar aos 16 anos têm de responder criminalmente por seus atos.

Gabinete

Mesmo sabendo que há poucas chances de ocupar o mesmo gabinete do deputado Clodovil, com decoração própria e com a cor branca dominante ¿ uma vez que há uma lista de espera para a ocupação dos gabinetes maiores, como o do ex-deputado ¿ Jairo frisou que alteraria todo o espaço, tornando-o sóbrio.

Acho que não vou para o mesmo gabinete, mas se fosse eu alteraria tudo, deixaria no padrão da Câmara, como os demais gabinetes.

Leia mais sobre: Câmara

    Leia tudo sobre: câmara

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG