Supervia é condenada por morte de passageiro no Rio

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) condenou a Supervia a pagar R$ 60 mil de indenização, por danos morais, à família de um passageiro morto em 2006, após cair de um vagão nas proximidades da estação de São Cristóvão, no subúrbio da cidade. Segundo depoimentos de testemunhas, a composição viajava superlotada e com as portas abertas quando um forte solavanco causou a queda do pizzaiolo Alexandro Belarmino na linha férrea.

iG São Paulo |

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) condenou a Supervia a pagar R$ 60 mil de indenização, por danos morais, à família de um passageiro morto em 2006, após cair de um vagão nas proximidades da estação de São Cristóvão, no subúrbio da cidade. Segundo depoimentos de testemunhas, a composição viajava superlotada e com as portas abertas quando um forte solavanco causou a queda do pizzaiolo Alexandro Belarmino na linha férrea.

Para o relator da ação, desembargador Camilo Ruliére, o caso mostra que houve negligência por parte da empresa. "A ré foi negligente ao permitir que o trem se deslocasse sem a devida segurança, com as portas abertas, não observando os cuidados normais e sem as cautelas exigidas pelo senso comum, colocando em risco a incolumidade alheia". A filha da vítima receberá também dois terços do salário mínimo mensalmente até completar a maioridade.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG