Supervia é condenada a indenizar família de passageiro que caiu de trem em movimento

RIO DE JANEIRO ¿ A concessionária Supervia, responsável pela rede ferroviária na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, foi condenada a pagar R$ 27 mil em indenização para três irmãos de um passageiro que morreu ao cair de uma composição que circulava com as portas abertas. O acidente ocorreu em 2001, próximo à estação de Magalhães Bastos.

Redação |

De acordo com a sentença, a Supervia havia sido condenada a pagar uma indenização de R$ 36 mil, já que o valor incluía o quarto irmão da vítima, Maicon Henrique Santos de Lima. No entanto, o quarto irmão não compareceu para prestar depoimento e a concessionária recorreu à sentença.

Os desembargadores da 10ª Câmara Cível resolveram então manter a sentença em relação aos outros três irmãos e apenas diminuir o valor correspondente à parte de Maicon. Com isso, Pedro Henrique, Paulo Henrique e Débora Cristina Santos de Lima, autores do processo e irmãos da vítima, receberão R$ 9 mil cada de indenização.

Segundo a desembargadora Marilia de Castro Neves Vieira, relatora do processo, a Supervia tem o "dever de indenizar os irmãos pela dor relativa à perda precoce do ente querido".

Veja também:

Leia mais sobre: Supervia

    Leia tudo sobre: superviatrem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG