Superstição leva milhares de casais ao altar hoje na China

Pequim, 9 set (EFE).- Fiéis à numerologia, os chineses acreditam que hoje, 9 de setembro de 2009 (09/09/09), é um bom dia para casar, porque veem relação deste dia com o amor eterno, e a estimativa é que o número de uniões celebradas nesta quarta-feira supere o recorde de 314 mil bodas de 8 de agosto de 2008 (08/08/08), data que remete à riqueza.

EFE |

"Escolhemos casar hoje porque a data significa eternidade, é um momento muito afortunado", disse à Agência Efe Li Qing, um engenheiro de software que casou hoje em Pequim com Liu Kun.

O número nove (jiu) tem pronúncia em mandarim semelhante ao do ideograma longevidade, por isso o fato de ter três vezes o número nove na data de casamento atrai tantos casais, que seguem uma tradição local.

Outra crença associa o número ao imperador, por este ser o maior dos números de um só algarismo, o que, para alguns, é entendido como um toque aristocrático às bodas.

Como a China é um país laico, os casamentos são realizados no Registro Civil, que emite o certificado matrimonial, e dias ou inclusive meses depois, de acordo com a situação econômica do casal, os recém-casados vestem-se a caráter e oferecem um banquete aos familiares.

Só em Pequim, a estimativa é que mais de dez mil uniões sejam celebradas, informou à Efe, Zhao Hongcun, subdiretor da Administração de Assuntos Civis de Dongcheng, em Pequim, com o que se espera superar o recorde de 8 de agosto de 2008, uma data propícia para a fortuna.

Para atender a tanta demanda, Zhao alugou uma quadra de basquete com 600 metros quadrados para celebrar os casamentos.

"Até hoje, recebemos 1,2 mil solicitações de casamento para este dia e, até esta hora (11h local, 0h de Brasília), 500 casais já finalizaram a documentação", contou Zhao.

Na saída do cartório, os recém-casados são esperados pelos fotógrafos que penduram letreiros nos noivos com a inscrição: "09/09/09" e "nós casamos".

Na cidade de Guangzhou, mais de seis mil casais marcaram a celebração; em Xangai, outros cinco mil noivos; em Tianjin, mais quatro mil, e, em Xian, esperam-se mil casais, segundo a agência de notícias "Xinhua".

Zhao contou que, além do interesse pelos números oito e nove, os dias com seis também são muito solicitados para casamentos, já que o numeral tem pronúncia parecida com liu, que significa fluência, o que, para os chineses, significa que a união fluirá bem. EFE mz/dm-an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG