guerra no Ministério Público do Piauí - Brasil - iG" /

Supersalário provoca guerra no Ministério Público do Piauí

Antes que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) iniciasse uma auditoria para investigar irregularidades na folha de pagamentos do Ministério Público do Piauí, o procurador-geral de Justiça do Estado resolveu abrir um inquérito contra os servidores do órgão que denunciaram o suposto pagamento acima do teto do funcionalismo e crime fiscal contra o subprocurador piauiense, Augusto Cézar Andrade.

Congresso em Foco |

Como revelou o Congresso em Foco, Augusto Cézar, o futuro procurador-geral de Justiça do estado, recebeu em agosto mais de R$ 61 mil de salário. O vencimento representa duas vezes e meia o valor do teto do funcionalismo público, que é o salário-base de R$ 24.500 dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). No contracheque de setembro deste ano, ele recebeu R$ 39.610,45 de salário bruto, também acima do teto. 

Leia mais no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: piauí

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG