Sul registra temperaturas negativas em 10 municípios

Os moradores do Sul do País tiveram nesta madrugada uma amostra do inverno, com temperaturas mínimas abaixo de zero e geada em dez municípios do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Uma massa de ar polar, proveniente da Argentina, derrubou as temperaturas.

Agência Estado |

A temperatura mais baixa da região Sul, de - 0,6ºC foi registrada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) em Urubici, cidade do Planalto Serrano catarinense, a 167 quilômetros de Florianópolis. Em São Joaquim, no sul do Estado, fez - 0,5ºC. A capital catarinense teve temperatura mínima mais amena, de 12,5ºC.

Os gaúchos também precisaram tirar o cobertor do armário, com frio de 0,4ºC em Cambará do Sul, no norte do Estado. Em Porto Alegre fez 8,2ºC. No Paraná, a cidade que registrou temperatura mais baixa, de acordo com Inmet, de 7,9ºC, foi Inácio Martins, no centro-sul paranaense. Curitiba teve temperatura mínima de 10ºC. De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, que faz medições em várias regiões do Paraná, a temperatura chegou a 2,1 graus em Palmas, no sul do Estado.

Geada

Houve formação de geada em sete municípios do Rio Grande do Sul - Passo Fundo, Lagoa Vermelha, Bom Jesus, Ibirubá, Cambará do Sul, Santana do Livramento e Bagé. Em Santa Catarina, geou em Campos Novos, Lajes e São Joaquim.

Segundo o meteorologista do 8º Distrito do Inmet, responsável pelas medições nos três Estados da região Sul, Gil Russo, o frio é passageiro e só virá para ficar em maio. "A mínima na região deve subir de zero grau de hoje para 2ºC já amanhã", diz. "É normal termos esses dias de frio no outono, mas depois a temperatura fica mais amena até a chegada do inverno." Um coisa, no entanto, Russo garante: "A partir de agora, acabou o calorão".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG