Regiões seguem com noites frias, mas sol deve aquecer as tarde. Demais regiões terão dias mais quentes e chuvosos

A forte massa de ar polar que se espalhou pelo centro-sul do Brasil nesta semana entrou forte no Sul e Sudeste e derrubou a temperatura nos últimos dias. O ar polar se espalhou por toda a região e deve persistir nos próximos dias, mas enfraquecendo devagar, segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Na região Sul, a previsão é que o frio continue nos próximos dias e que o tempo fique instável, com ocorrência de pancadas de chuva em poucas regiões, e aberturas de sol. A temperatura deve ser menor nesta quinta-feira, com pequena elevação nos termômetros até o domingo.

Paulistanos se protegem do frio no centro de São Paulo nesta manhã
AE
Paulistanos se protegem do frio no centro de São Paulo nesta manhã
Nos próximos dias o sol volta a ganhar força no Sudeste, com exceção de algumas áreas de Minas Gerais, que devem ter tempo mais instável até domingo. A maior abertura de sol no restante da região favorecerá a elevação das temperaturas durante as tardes. Porém, o frio continua durante as noites, madrugadas e nas primeiras horas da manhã, onde há inclusive condições favoráveis para a formação de nevoeiros.

Na região Centro-Oeste, o dia mais frio deve ser nesta quinta-feira. Nos demais, a temperatura não deve ser tão gelada e os dias prometem ser de pouco sol. O tempo instável deve prevalecer em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e no Distrito Federal.

O Nordeste brasileiro deve ter condições climáticas próximas a do Centro-Oeste. As temperaturas devem ficar estáveis até o próximo domingo e os dias devem ser chuvosos na maior parte de região.

A região que deve apresentar as temperaturas mais altas até o final de semana é o Norte. Porém, os dias também devem ser chuvosos. Segundo o Inmet, os dias devem ser nublados com pancadas de chuva no Amazonas e em Rondônia. Tocantins e Amapá devem ter pancadas de chuva e trovoadas. Pará, Roraima e Acre devem ter tempo encoberto.

Quarta-feira de frio

A madrugada desta quarta-feira foi a mais fria do ano no Rio de Janeiro e em Minas Gerais. Na capital paulista e no interior de Santa Catarina, o recorde de terça-feira foi igualado. As informações são do Inmet e da Climatempo,

Na cidade do Rio de Janeiro, o Inmet registrou a temperatura mínima de 12,8ºC no Alto da Boa Vista, que fica a aproximadamente 450 metros acima do nível do mar. O recorde anterior era de 14,1ºC e ocorreu na madrugada de terça-feira.

A madrugada também foi gelada por todo o Estado. No Pico do Couto foi registrado 6ºC, em Nova Friburgo fez 10,5ºC e em Teresópolis a temperatura mínima foi de 10,6ºC. Em Resende, a mínima foi de 12ºC, em Cordeiro de 10,4ºC e em Itaperuna de 14,8ºC. Todos esses valores foram os menores de 2011, até agora.

Em Belo Horizonte, a temperatura mínima nesta quarta-feira foi de 14,4ºC na estação meteorológica que faz medições regulares no centro da cidade e de 12,2ºC na estação medidora da Pampulha, as duas operadas pelo Inmet. A capital mineira bateu o recorde de frio pelo segundo dia consecutivo, pois na terça-feira os menores valores na cidade foram de 15,4ºC, no centro, e de 12,5ºC, na Pampulha.

O frio foi intenso e também recorde em áreas do sul de Minas Gerais, na zona da mata mineira e no Triângulo Mineiro. No sul mineiro, o Inmet registrou 7,4ºC em São Lourenço e 8 ºC em Machado. Em Maria da Fé e em Caldas, a temperatura baixou para 3,7ºC, um valor que pode ter propiciado a ocorrência de geada em áreas de baixadas.

Nesta quarta-feira, a temperatura mínima na capital paulista se igualou ao recorde de terça-feira , com mínima de 12,4°C. Nesta quinta-feira, o dia começa com névoa e nevoeiro na capital, litoral e algumas áreas da Grande São Paulo, mas antes do fim da manhã o sol reaparece e não há previsão de chuva.

A madrugada desta quarta-feira ainda foi muito fria no Sul. Em Urupema, a temperatura caiu novamente abaixo de zero. Segundo os dados da Epagri/Ciram, a temperatura mínima registrada hoje foi a mesma de terça-feira, com os gelados -2,7º .

Segundo o Inmet, na serra catarinense, a mínima foi de 1,2 graus em Urubici e 3,0 graus em São Joaquim. A capital, Florianópolis, teve hoje a madrugada mais fria do ano, com temperatura mínima de 10ºC. Na serra gaúcha, o Inmet registrou 2,8ºC em São José dos Ausentes e 3,8ºC em Bom Jesus. Em Porto Alegre, a temperatura mínima foi de 10,3ºC e, na região do aeroporto Salgado Filho, a temperatura caiu até 9,0º Cs. No Paraná, a menor temperatura registrada foi de 4,3ºC em Inácio Martins, no centro-sul do Estado. Em Curitiba, a mínima foi de 7ºC.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.