Cidade do Rio Grande do Sul tem 6,6ºC na madrugada. Cerca de 4,5 mil pessoas ainda estão sem energia por conta de temporal

A 8 dias do início do verão, que começa no dia 21 de dezembro (terça-feira), a região Sul do País registrou temperaturas típicas da estação mais fria do ano. Segundo Gil Russo, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre a noite de domingo e madrugada desta segunda-feira, a mínima chegou a 6,6ºC em Chuí (RS). Na capital gaúcha termômetros marcaram 12,5ºC.

No Estado de Santa Catarina a temperatura mais baixa foi registrada em Urubici, cidade a cerca de 170 km de Florianópolis, com 7,2ºC. Na capital a mínima foi de 19,2ºC. Já no Paraná a mínima foi de 11,6ºC em Clevelância, no interior do Estado. Em Curitiba a temperatura ficou amena, com 17,8ºC.

Russo explica que a queda brusca nas temperaturas foi causada por uma massa de ar polar que atingiu o País. Para terça-feira a previsão também é de frio e as regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina podem ter mínima de 5ºC e 4ºC, respectivamente. “Amanhã à tarde começa a se recuperar e aquecer a partir de quarta-feira”, diz.

Para esta segunda-feira, a previsão é de máxima de 22ºC em Chuí e, de 23ºC, em Porto Alegre. Em Urubici (SC) chega a 23ºC, assim como na capital catarinense.

O especialista acrescenta que a queda pode acontecer mesmo durante o verão e costuma durar poucos dias. A massa polar segue em direção ao oceano, mas ainda pode provocar queda de temperatura no interior de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Falta de energia

Um forte temporal atingiu a região na madrugada e pelo menos 25 mil pontos ficaram sem energia elétrica no Rio Grande do Sul. Segundo informações da companhia Rio Grande Energia, cerca de 4,5 mil pontos ainda estão luz. Técnicos estão nas ruas e trabalham para restabelecer o funcionamento até o fim do dia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.