STJ nega liberade a Roger Abdelmassih

A defesa do médico Roger Abdelmassih fracassou na tentativa de livrá-lo da prisão. Por 3 votos a 2, os ministros da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitaram um pedido de habeas-corpus feito pelos advogados do médico, que é um dos principais especialistas em reprodução humana assistida do País.

Agência Estado |

O julgamento no STJ foi fechado porque o processo tramita em segredo de Justiça. O advogado de Abdelmassih, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, assistiu à votação. O médico está preso desde agosto, depois de ter sido acusado de estupro supostamente cometido contra ex-clientes.

Na semana passada, a Justiça de São Paulo determinou o despejo por suposta falta de pagamento de aluguel da clínica de Abdelmassih. De acordo com informações divulgadas na ocasião, a clínica funciona em um casarão alugado há sete anos na esquina da Avenida Brasil com a Rua Argentina, no bairro do Jardim Europa, em São Paulo. Dias antes da prisão, o médico teria procurado os proprietários do imóvel para pedir uma redução no valor do aluguel.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG