STJ dobra indenização da Gol à família de vítima

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) mais do que dobrou o valor da indenização que a Gol terá de pagar à família de uma vítima da queda de um avião em setembro de 2006. O Boeing caiu depois de um choque com um Legacy.

Agência Estado |

O valor da indenização a ser paga à família de Quézia Moreira foi aumentado de R$ 240 mil para R$ 570 mil. A Gol informou hoje, por meio de nota, que concorda com a decisão do STJ de aumentar o valor que a empresa terá de pagar a família.

De acordo com a relatora do recurso no STJ, ministra Nancy Andrighi, a fixação do valor para compensar os danos morais aos parentes de vítimas de acidentes aéreos é uma das tarefas mais complexas do Poder Judiciário. Para estabelecer o valor de R$ 570 mil, a ministra seguiu julgamentos anteriores do STJ sobre indenização por morte, em especial de filho.

"Com esse apanhado da jurisprudência, é fácil perceber que a solução encontrada pela decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que fixou em R$ 80 mil a indenização para cada um dos autores, destoa daquilo que vem sendo decidido pelo STJ", afirmou. Os autores da ação são os pais e o irmão de Quézia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG