O mérito do habeas-corpus que pede a liberdade do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, pai e madrasta da menina Isabella Nardoni, deve ser julgado hoje pela Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O ministro Napoleão Nunes Maia Filho será o relator do caso.

Os dois estão presos em Tremembé, no interior de São Paulo, acusados pela morte da criança, atirada da janela do apartamento do casal no dia 29 de março.

A defesa contesta no pedido de habeas-corpus o acolhimento da denúncia e a prisão preventiva, segundo informações da assessoria do STJ. Os advogados alegam ainda que os réus são primários, têm família constituída e residência fixa própria e se apresentaram espontaneamente à polícia. Em junho, o mesmo ministro negou pedido liminar feito pela defesa do casal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.