STJ decreta prisões no Tribunal de Justiça do Espírito Santo

ESPÍRITO SANTO - Agentes da Polícia Federal estão cumprindo nesta manhã 24 mandados de busca e apreensão e sete de prisão temporária, em cumprimento à decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) no Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

Agência Estado |

Desde abril deste ano tramita no STJ uma investigação sobre o suposto envolvimento de desembargadores, juiz, advogados e servidora pública em crimes contra a administração pública e a administração da Justiça, perpetrados de modo reiterado e organizado.

Durante as investigações, surgiram também evidências de nepotismo no Tribunal de Justiça capixaba que teria facilitado as ações dos investigados, pois eles poderiam contar com a colaboração de parentes e afins empregados em cargos estratégicos.

Segundo informações da assessoria do TJ, os policiais chegaram a bloquear o acesso das pessoas ao prédio do começo da operação, que foi liberado logo em seguida. Por volta das 10h15 os agentes permaneciam no Tribunal, segundo a assessoria.

Leia mais sobre: Tribunal de Justiça

    Leia tudo sobre: crime organizado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG