STF suspende extradição de bispos da Renascer

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu na segunda-feira, em caráter liminar, o pedido de extradição dos fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Estevam e Sonia Haddad Hernandes, que estão presos nos Estados Unidos. Segundo a Corte, o ministro Marco Aurélio, relator do caso, concordou com os argumentos do advogado do casal de que não existe nenhum decreto de prisão expedido contra o casal no País.

Agência Estado |

Acordo Ortográfico "O fato de terem contra si ação em andamento e estarem hoje nos Estados Unidos da América não é suficiente para respaldar o ato do juízo que resultou no acolhimento do pedido formulado pelo Ministério Público (de extradição)", afirmou o ministro, de acordo com o STF.

Marco Aurélio alegou ainda que o Tratado de Extradição firmado entre os dois países não abrange os crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de bens e valores, pelos quais o casal responde nos EUA, por supostamente tentar entrar no país, em janeiro do ano passado, com US$ 56 mil não declarados.

Leia mais sobre: Igreja Renascer

    Leia tudo sobre: igreja renascer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG