STF retoma julgamento sobre Raposa Serra do Sol

Recomeçou por volta das 14h55 a sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) que retoma o julgamento da ação que questiona a demarcação de terras da reserva Raposo Serra do Sol, em Roraima. O ministro Marco Aurélio Mello, que pediu vista do processo em dezembro do ano passado, já retomou a leitura do seu voto.

Agência Estado |

Em dezembro, quando o julgamento foi interrompido pelo pedido de vista, já havia oito votos favoráveis à demarcação contínua da reserva.

A sessão foi retomada com atraso de mais de meia hora. Na manhã de hoje, o ministro Marco Aurélio Mello leu 36 páginas das 120 que redigiu para manifestar seu voto. Ele deve concluir o voto agora à tarde e depois dele votarão ainda o ministro Celso de Mello, que tem o voto de 30 páginas, e o presidente do STF, Gilmar Mendes.

Ao contrário das últimas sessões, o plenário não ficou lotado. Várias cadeiras reservadas para agricultores não foram ocupadas. Também o número de índios presentes à sessão é menor que das outras vezes em que houve julgamento, em agosto e dezembro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG