STF recebe denúncia contra deputado alagoano

O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu denúncia do Ministério Público Federal contra um deputado federal, dois deputados estaduais, três delegados da Polícia Civil e um ex-secretário de Segurança Pública de Alagoas - todos acusados de crimes de pistolagem. A denúncia foi feita com base o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Crime Organizado, do Congresso Nacional, e foi encaminhada ao STF porque o caso envolve o deputado federal Francisco Tenório (PMN-AL).

Agência Estado |

O parlamentar foi procurado pela reportagem, mas não foi localizado.

O MPF pediu ainda a quebra do sigilo bancário, fiscal e telefônico de todos os acusados, sendo que a denúncia agrupa crimes como formação de quadrilha, pistolagem, lavagem de dinheiro e ocultação de bens. Inicialmente, o processo estava tramitando na Justiça Federal da 5ª Região, em Recife, mas foi transferido para o STF a pedido do MPF, em função da presença de um parlamentar federal. O relator do processo no STF é o ministro Carlos Alberto Menezes Direito.

Além de Tenório, estão entre os acusados os deputados estaduais Antônio Albuquerque (expulso do DEM) e João Beltrão (PMN), o ex-secretário de Segurança de Alagoas Coronel Amaral, os delegados Nilson Alcântara, Flávio Saraiva e Cícero Torres, além do ex-tenente-coronel Manoel Cavalcante. Na ação judicial consta até o nome de José Dantas Rodrigues, o Zé Miguel, ex-prefeito de Batalha (AL), assassinado a tiros junto com sua mulher.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG