A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmen Lúcia negou hoje o pedido de liminar do deputado Sérgio Moraes (PTB-RS) para que pudesse retornar à relatoria do processo instaurado na Comissão de Ética da Câmara que apura supostas irregularidades cometidas pelo deputado Edmar Moreira (sem partido-MG). O deputado afastado da relatoria chegou a declarar que estava se lixando para a opinião pública.

Assumiu a relatoria em seu lugar o deputado Nazareno Fonteles (PT-PI). Depois de afastado do cargo, o deputado Sérgio Moraes entrou com um mandado de segurança com o pedido de liminar no STF. A informação de que o pedido de Moraes foi negado pela ministra Carmem Lúcia foi divulgada pela assessoria do STF, que ficou de divulgar mais detalhes da decisão da ministra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.