Terminou nesta noite, sem uma decisão final, a sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) que julga o processo de extradição do ex-ativista italiano Cesare Battisti. O ministro Marco Aurélio Mello anunciou sua determinação de pedir vista do processo, o que impediria que o julgamento fosse concluído hoje.

Por conta disso, o presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, decidiu não dar o seu voto hoje.

Não há um prazo para a retomada do julgamento, mas a expectativa é de que a sessão seja retomada após a posse do ministro do Supremo que irá substituir Carlos Alberto Menezes Direito, que morreu há duas semanas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.