STF decide aguardar ações do Executivo sobre grampo

O Conselho do Supremo Tribunal Federal (STF) se reuniu esta tarde, por cerca de uma hora, e após o encontro divulgou uma breve nota em que afirma que vai aguardar as providências do Executivo em relação ao caso do grampo feito ao presidente do órgão, Gilmar Mendes. O STF, reunido em conselho, foi informado pelo seu ministro-presidente do teor do encontro ocorrido hoje com o excelentíssimo senhor presidente da República e decidiu aguardar as providências exigidas pela gravidade dos fatos, diz o texto, lido pelo assessor de imprensa do órgão.

Agência Estado |

Participaram da reunião dez ministros do órgão, sendo a única ausência a ministra Carmen Lúcia, que alegou razões pessoais para não estar no encontro. Mas, segundo a assessoria, ela corrobora o posicionamento de seus pares.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG