STF autoriza extradição de chileno acusado de pedofilia

SÃO PAULO - O Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou nesta quinta-feira o pedido do governo do Chile para a extradição de Rafael Trujillo. O chileno foi condenado no Quarto Juizado do Crime de Santiago por associação ilícita, emprego de menores de 12 anos na produção de material pornográfico, abuso sexual e violação de menores. Os crimes foram cometidos no Chile.

Agência Estado |

Acordo Ortográfico

Atualmente, o acusado é mantido na Penitenciária Federal em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, por conta de ordem do juízo da 1ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Florianópolis.

Segundo o STF, o ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso, considerou que a solicitação do governo chileno foi devidamente formalizada. Além disso, de acordo com o Supremo, o ministro observou que a possibilidade de instauração de inquérito no Brasil não é impedimento para a extradição.

Leia mais sobre: pedofilia

    Leia tudo sobre: pedofilia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG