STF arquiva ação que pedia devolução de gastos da Abin na Operação Satiagraha

BRASÍLIA - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski determinou nesta sexta-feira o arquivamento de uma ação popular que pedia a devolução aos cofres públicos do dinheiro gasto pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) na Operação Satiagraha, realizada pela Polícia Federal.

Agência Brasil |

A Abin cedeu profissionais para auxiliar o trabalho da polícia. Durante a investigação, no ano passado, foram presos o banqueiro Daniel Dantas e sua irmã, Verônica, o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e o empresário Naji Nahas, entre outros.

Lewandowski entendeu não ser da competência do Supremo o julgamento desse tipo de ação. A iniciativa tinha sido de Nery Kluwe, ex-presidente da associação dos servidores da Abin, para quem o ministro-chefe do gabinete de Segurança Institucional da Presidência República, general Jorge Félix, e o diretor-geral interino da Abin, Wilson Roberto Trezza, é que teriam de ressarcir os gastos oriundos da cooperação firmada. 

    Leia tudo sobre: stf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG