STF abre caminho para adoção por casal gay do Paraná

Decisão beneficia o casal Toni Reis e o inglês David Harrad para a adoção de crianças de qualquer sexo e idade

AE |

selo

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou recurso do Ministério Público do Paraná e abriu caminho para a adoção de crianças, de qualquer sexo e idade, por dois homens que vivem juntos em Curitiba há 20 anos.

A decisão, que beneficia Toni Reis e o inglês David Harrad, foi tomada pelo ministro Marco Aurélio Mello no dia 16 e publicada nesta terça-feira.

A Justiça paranaense havia restringido a adoção a crianças maiores de 10 anos. O Tribunal de Justiça considerou "inadmissível" a decisão, mas o Ministério Público recorreu ao STF.

    Leia tudo sobre: Paranácasal gaystf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG