LONDRES ¿ O físico britânico Stephen Hawking escreveu seu segundo livro sobre o universo dirigido especialmente às crianças com a filha, a escritora Lucy Hawking.

A nova obra tem como título "George and the Cosmic Treasure Hunter" ("George e o Caçador do Tesouro Cósmico", em tradução livre) e é a segunda parte do livro "O Segredo do Universo".

Em entrevista concedida à revista "New Scientist", Hawking diz que as crianças "são fascinadas pelos buracos negros" e perguntam sobre esta questão, sobre a qual é um dos maiores especialistas do mundo.

O cientista britânico diz que continua sendo "como uma criança", porque está sempre "observando tudo".

Segundo ele, o objetivo de transferir parte de seu conhecimento aos menores se deve a que gosta da ideia de que estejam preparados para ler em alguns anos livros como o clássico "Uma Breve História do Tempo: do Big Bang aos Buracos Negros".

Sua última obra conta a história de George -o mesmo protagonista de "O Segredo do Universo" -, que "começa uma viagem pelo sistema solar seguindo uma série de pistas para encontrar o tesouro cósmico usando o supercomputador de seu vizinho, Cosmos", explica Hawking.

Nesta ocasião, teve novamente a colaboração da filha Lucy, que destaca na entrevista a habilidade de seu pai "para expressar as coisas de forma muito simples".

O cientista britânico reconhece que espera ser lembrado por seu trabalho sobre os buracos negros e a origem do universo, e destaca que a ciência dá hoje resposta às perguntas que a religião costumava contestar.

"O único assunto que a religião pode reivindicar para si é a origem do universo, mas inclusive aqui a ciência está progredindo e deveria dar em breve uma resposta definitiva", acrescenta Hawking, que prevê que, nos próximos 20 anos, os detalhes sobre isso serão conhecidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.