Stephanes pede para filho não criticar nomes do governo

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, relatou nesta quinta-feira que solicitou ao seu filho que é deputado estadual no Paraná, Reinhold Stephanes Junior (PMDB), que ativesse suas críticas à esfera local e não voltasse a citar o nome de personalidades do governo federal. No início deste mês, Junior afirmou, durante discurso na Assembleia Legislativa, que o PT é coisa do diabo e não serve para nada.

Agência Estado |

Além disso, chamou o ex-ministro José Dirceu de "bandido" e criticou sua escolha pelo PT para apoiar a candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à presidência.

"Isso (o episódio) não me incomoda. Disse a ele apenas para manter a discussão em nível local", comentou Stephanes. Ele informou que ninguém do governo o chamou para criticar o episódio, mas comentou que não era confortável ouvir críticas públicas à colega Dilma. "Recebi tudo isso com a maior tranquilidade. Tenho um relacionamento ótimo com meus quatro filhos, que foram todos criados com independência absoluta", disse.

Stephanes lembrou que esta não foi a primeira vez que seu filho teceu críticas ao PT. "O Junior tem características próprias e possui divergências com o PT que são históricas", ressaltou. Mostrando bom humor, o ministro lembrou também de uma frase que, no passado, chegou a dizer sobre o filho: "cada um tem a Luciana Genro que merece."

Leia mais sobre Reinhold Stephanes .

    Leia tudo sobre: reinhold stephanes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG