Stephanes defende no PR mudanças no Código Florestal

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Reinhold Stephanes, defendeu hoje mudanças no Código Florestal Brasileiro. As alterações são de fundamental importância, uma vez que a aplicação do Código Florestal como está inviabilizaria cerca de quatro milhões de hectares produtivos, quinze milhões de toneladas de produtos, além de provocar o desaparecimento de milhares agricultores, propriedades e até de pequenos municípios, disse ele hoje, segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa da pasta.

Agência Estado |

O ministro fez a afirmação após reunião com deputados federais, senadores e representantes de cooperativas do Paraná, na sede da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), em Curitiba.

De acordo com o comunicado, o ministro ressaltou que o Paraná faz um trabalho correto do ponto de vista ambiental porque já desenvolve o plantio direto na palha, há quase 40 anos. O sistema melhora as condições ambientais (água, solo e planta), com a rotação de culturas e proteção do solo. A apresentação da proposta de alteração do Código Florestal pela Ocepar foi destacada pelo ministro. "Está fundamentada tecnicamente e seu exemplo deve ser seguido por todos os Estados", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG