SSP-SP quer imagens para identificar policiais civis

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) pretende usar as imagens da televisão para identificar e punir os responsáveis pelos excessos cometidos durante o confronto entre manifestantes da Polícia Civil e policiais militares no entorno do Palácio dos Bandeirantes, na zona oeste da capital paulista. A pasta anunciou a decisão hoje, em nota, um dia após a confusão de ontem que deixou mais de 20 feridos.

Agência Estado |

As cópias das gravações das emissoras já foram solicitadas.

A SSP informou que, por orientação do governador José Serra (PSDB), "está empenhada em apurar responsabilidades e tomar as medidas cabíveis com relação aos fatos ocorridos". Foi determinada a perícia do local onde ocorreu o confronto e das 15 viaturas danificadas. "O inquérito está sendo instaurado na Corregedoria Geral da Polícia Civil, com apoio da Corregedoria da Polícia Militar (PM)", informa o comunicado.

Conforme a nota, o governo estadual considerou "lamentáveis as cenas de violência protagonizadas por uma minoria de policiais e manifestantes" e afirmou que os comandos das polícias estão unidos. "A negociação se faz na mesa, não com arma na cintura", consta do comunicado. Enquanto a greve dos policiais civis não for encerrada, a SSP orienta as pessoas a registrar ocorrências de furto, extravio ou desaparecimento de pessoas na delegacia eletrônica .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG