SSP não responde pedido de audiência da OAB sobre a greve da Polícia Civil

SÃO PAULO - Em nota divulgada nesta quarta-feira, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) disse estranhar a ausência de resposta do secretário de Segurança Pública a um pedido de audiência feito pela OAB, que tem a intenção de mediar as negociações do governo e da polícia civil.

Redação |

Acordo Ortográfico

Segundo a nota, a reunião do representante do Governo com a Ordem aconteceria nesta quarta-feira, mas dependia de uma confirmação que não foi feita.

O comunicado da OAB ainda diz que o comportamento do secretário de Segurança Pública, o advogado Ronaldo Marzagão, é uma desconsideração com a instituição e com a própria classe de profissionais.

O presidente da Ordem, Luiz Flávio Borges DUrso, disse no texto divulgado que irá encaminhar o que seria discutido no encontro por escrito para o secretário Ronaldo Marzagão, fazendo também um relato de uma reunião realizada na OAB com dirigentes de sindicatos de policiais civis.

A OAB reafirmou na nota que não tomará partido da Polícia Civil ou do Governo, pois sua função é mediar um diálogo que dê fim ao impasse.

A Secretaria de Segurança Pública ainda não se manifestou sobre a nota da OAB.

Leia mais sobre: greve - polícia civil

    Leia tudo sobre: greve polícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG