Viúva sai em defesa de policial após tragédia

Dona de casa viu filho preso e marido assassinado após discussão por causa do lixo entre vizinhos em São Paulo

Matheus Pichonelli, iG São Paulo |

No fim da tarde desta quinta-feira, por volta das 17h, a mulher e um dos filhos do policial civil  assassinado após discussão e briga entre vizinhos, no Jaguaré, apareceram na residência para guardar duas motos estacionadas e uma mangueira ainda solta no quintal. Com a ajuda de três parentes, recolheram roupas e deixaram o local em seguida. Fátima Aguado não quis gravar entrevistas.

AE/JB NETO
No dia seguinte à morte de dois vizinhos após discussão, clima ainda era tenso na vila onde aconteceu a briga, no Jaguaré

“Estou até agora tentando liberar o corpo. Eu respeito vocês [jornalistas], mas quero que vocês me respeitem também. Só te digo uma coisa: meu marido não era isso o que estão falando dele”, disse ela, abalada e com olheiras, antes de entrar novamente no carro e deixar o local.

Um cunhado do policial, que também não quis se identificar, se queixou da forma com que os vizinhos tratam a família de Xavier e atribui o sossego que antes reinava na vida à presença da autoridade. Segundo o cunhado, Xavier será enterrado na sexta-feira, após velório na Academia de Polícia da Cidade Universitária. A família, disse ele, deve alegar que a morte do vizinho aconteceu por legítima defesa.

“Agora é fácil falar dele, que não pode mais se defender. Só digo que, em 23 anos que ele morou aqui, nunca ninguém ousar uma moto aqui por perto”, defendeu o cunhado, pouco antes de a reportagem ouvir de um morador que “aqui, ninguém vai falar bem desse cara”.

Mas há exceções. “Para mim sempre foi um homem educado. Passava, cumprimentava. Os filhos dele gostavam de mim. Não posso falar nada contra ele”, diz um taxista que mora a poucos metros da casa, e que, como muitos, não quis se identificar. “Sei que era uma pessoa muito séria, mas muito trabalhadora. Todo dia eu via ele sair de casa cedinho, umas 5h. Estava bem de vida, tinha muitos carros e uma boa casa. Nunca tive problemas com ele”, afirma outro vizinho.

    Leia tudo sobre: brigavizinhosJaguaré

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG