Viatura que transportava presos sofre acidente e policial morre

Uma das presas fugiu e outros dois foram levados a hospital. Motorista do outro carro estaria alcoolizado

iG São Paulo |

O policial civil João Garcia de Souza, de 50 anos, morreu após a viatura que dirigia bater em outro carro, à 0h15 deste domingo, no cruzamento da avenida do Estado com a avenida Mercúrio, no Centro da capital. Segundo a polícia, o motorista do veículo envolvido no acidente estava embriagado, e responderá por homicídio doloso – quando há intenção de matar.

Souza e outro policial faziam o transporte de três presos da 1ª Central de Flagrantes (Centro) para as carceragens do 2º (Bom Retiro) e 97º (Americanópolis) Distritos Policiais. Ainda de acordo com a polícia, há testemunhas que informam que a viatura estava com a sirene ligada no momento da colisão.

Uma das detidas fugiu após o acidente. O policial ferido foi socorrido ao Pronto-Socorro Santa Isabel, onde passou por cirurgia. Os dois presos foram medicados, encaminhados ao Pronto-Socorro Vergueiro e levados de volta à 1ª Central de Flagrantes.

No 8º Distrito Policial (Brás), o motorista do Gol que colidiu com a viatura, o metalúrgico J.C.O.B., de 37 anos, admitiu que havia ingerido bebida alcoólica. Foi feito o teste do bafômetro, que atestou que o metalúrgico apresentava 10,6 decigramas de álcool por litro de sangue, superior ao limite estabelecido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), de 6 decigramas.

O motorista foi indiciado por homicídio e lesão corporal dolosa, já que ao dirigir embriagado e acima do limite de velocidade assumiu o risco de causar a morte e os ferimentos.

    Leia tudo sobre: policialacidenteviaturatransporte de presos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG