Escrivão de 49 anos foi atingido por 4 tiros na cabeça dentro da casa em que morava na cidade de Analândia

O escrivão e vereador Evaldo José Nalin, de 49 anos, foi morto a tiros, por volta das 22h de sábado, na rua 3, no centro de Analândia, distante 236 da capital paulista.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado, a mulher do vereador afirmou à polícia que os dois estavam na residência do casal quando dois homens usando capacete chegaram em uma moto. Quando eles entraram no imóvel e identificaram Nalin começaram a atirar. 

O vereador, que estava deitado no sofá, recebeu 4 tiros na cabeça. Pelo menos 7 disparos foram feitos pelos criminosos. A mulher do vereador saiu correndo e gritou por socorro, mas quando os policiais chegaram ao local, não havia mais nada a ser feito e o vereador já estava morto.

Os atiradores conseguiram fugir e ainda não foram identificados. O caso foi registrado na delegacia da cidade e há a suspeita de que o crime tenha ligação com o trabalho que Nalin exercia na polícia. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.