Vendedor é sequestrado em SP por não pagar dívida

Homem de 36 anos foi ameaçado por ter passado dois cheques sem fundo no valor de R$ 1 mil para comprar moto

AE |

Um vendedor ambulante de 36 anos foi sequestrado, na noite de quarta-feira, na zona leste de São Paulo, supostamente por pessoas a quem devia ainda metade do valor de uma moto comprada há cerca de três meses. Segundo informações obtidas pela polícia, a vítima havia pago R$ 2 mil à vista e passado dois cheques pré-datados no valor de R$ 1 mil cada, ambos sem fundo, e recusava-se a honrar o compromisso.

O ambulante acabou caindo em uma cilada e foi dominado por desconhecidos, um deles armado com um revólver calibre 38, e colocado no porta-malas de um Gol branco. Uma testemunha ligou para a Polícia Militar, que por volta das 20h40, localizou o veículo em uma travessa da rua Angelo Caldini, na Vila Any, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Os dois suspeitos de terem sequestrado o vendedor conseguiram escapar a pé no momento em que perceberam a aproximação de policiais militares do 44º Batalhão e a vítima foi liberada.

Com a apreensão do Gol, a polícia agora espera chegar até os sequestradores. "Já temos a identificação do proprietário do Gol. O veículo não tem queixa de roubo", afirmou o tenente Bruno Matsuo Furutani. Segundo os policiais, a intenção dos criminosos em princípio seria levar o ambulante para um cativeiro e lá forçá-lo a conseguir o valor devido. O caso foi registrado no 4º Distrito Policial de Guarulhos.

    Leia tudo sobre: sequestrovendedordívida

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG