Até as 20h, do total de feridos, 25 foram liberados. Segundo a CPTM, nenhum dos feridos está em estado grave

selo

Uma colisão ocorrida nesta terça-feira entre duas composições da Linha 7 - Rubi, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na Estação Palmeiras/Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, deixou pelo menos 42 pessoas feridas.

Mais cedo, a CPTM havia informado que eram 14 feridos, sendo um com traumatismo torácico. Mas no início da noite, a empresa responsável pelo transporte ferroviário da Grande São Paulo informou que o número de feridos subiu para 42.

As vítimas foram encaminhadas para hospitais da região pelas viaturas do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), Corpo de Bombeiros e da própria CPTM. Do total de feridos, 25 já foram liberadas e as outras 17 passam por atendimento médico. De acordo com a CPTM, nenhuma está em estado grave.

Composição danificada após colisão nesta terça-feira em São Paulo
AE
Composição danificada após colisão nesta terça-feira em São Paulo
Segundo a empresa, por volta das 13h30, um trem que circulava pela Linha 7, no sentido Luz, foi de encontro ao outro que estava parado à frente, aguardando a sinalização para seguir viagem rumo à estação Luz. De acordo com a CPTM, alguns passageiros que estavam de pé perderam o equilíbrio, o que pode ter causado quedas ou escoriações leves. Oito viaturas dos bombeiros foram enviadas para o local.

A circulação no local só foi normalizada às 16h50. Durante o trabalho da perícia técnica, a circulação de trens ocorreu alternadamente por uma única via na Barra Funda. A empresa abriu sindicância para apurar as causas da ocorrência.

Colisão de dois trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos de São Paulo
Futura Press
Colisão de dois trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos de São Paulo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.