USP divulga vídeos da invasão da reitoria

Universidade solicitou reintegração de posse à Justiça. Estudantes que ocupam prédio pedem a saída da PM do câmpus

iG São Paulo |

A reitoria da Universidade de São Paulo (USP) publicou nesta quinta-feira em seu site imagens do circuito interno de segurança que mostram o momento da invasão do prédio da reitoria. As cenas mostram estudantes com os rostos cobertos, armados com pedaços de madeira quebrando o portão de entrada e uma das câmeras de segurança.

Na tarde desta quinta, a reitoria pediu à Justiça a reintegração da posse do prédio, invadido na madrugada de quarta-feira (2) por um grupo de estudantes que pede a saída da Polícia Militar da Cidade Universitária.



Segundo a assessoria de imprensa da USP, a reitoria da universidade ressaltou no pedido que espera que a situação se resolva sem que sua execução seja necessária.

De acordo com a USP, a situação no câmpus é tranquila. Os estudantes continuam ocupando o prédio, mas não há manifestações ou conflitos com os policiais.

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da USP criticou a invasão, que foi contrária à decisão dos estudantes tomada em assembléia. "Infelizmente, um setor minoritário do movimento, derrotado nesta votação, agiu de forma antidemocrática ao ocupar a reitoria, deslegitimando o debate feito no fórum de assembleia", declarou em nota a representação estudantil. Para o DCE, o pedido de reintegração de posse "só contribui para aumentar o impasse, expressando a indisposição ao diálogo em solucionar a questão".



"Dever legal"

Segundo nota divulgada na noite de quarta-feira, membros da reitoria se reuniram e decidiram seguir os passos legais para retomar o prédio da Administração Central. "Importante destacar que, por dever legal, o gestor público tem obrigação de pedir a reintegração de posse do imóvel invadido. O deferimento da reintegração deverá ser analisado pelo juiz. Ressalte-se também que espera-se, entretanto, que a situação se resolva sem que sua execução seja necessária", diz a nota.

O prédio foi invadido após uma assembleia de estudantes decidir pelo cancelamento de outra invasão, no prédio administrativo de Filosofia , na noite de terça-feira. O primeiro ato ocorreu em protesto pela detenção de três estudantes que estariam fumando maconha no estacionamento na quinta-feira.

Veja imagens das ocupações na USP :

Leia também :

- Prédio da reitoria da USP é invadido
- USP tem manifestações contra e a favor da polícia
- Polícia e alunos da USP entram em confronto

    Leia tudo sobre: USPocupaçãoreitoria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG