Umidade cai a 19% e Defesa Civil decreta estado de alerta

Tempo deve melhorar a partir de amanhã

iG São Paulo |

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil declarou Estado de Alerta em São Paulo devido a baixa umidade que atinge a capital paulista. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a umidade relativa do ar estava em 19% hoje ao meio-dia.

A recomendação da Defesa Civil é de que as pessoas evitem atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10h e 17h. A prática de exercícios entre as 11h e 15h também não é recomendada.

O sábado deve continuar quente e seco na capital, com temperatura máxima de 30°C. A situação deve melhor a partir de domingo, quando a passagem de uma frente fria deve gerar chuvas leves e isoladas na Grande São Paulo.

Na segunda-feira, o céu deve ficar nebuloso com a possibilidade de chuva fraca a qualquer momento e sensação de frio. Na terça-feira, também podem acontecer pancadas de chuva. Segundo a CGE, não há previsão de temporais.

Sintomas causados pelo tempo seco

Com a umidade reduzida, há aumento nos níveis de dióxido de enxofre e material particulado devido às piores condições de dispersão. Isso propicia o surgimento ou agravamento de doenças respiratórias, cardiovasculares e oculares.

Alguns dos sintomas são: dores de cabeça e irritação nos olhos, nariz, garganta ou na pele; garganta seca, voz rouca, inclusive com possibilidade de inflamação da faringe; rompimento de vasos do nariz, provocando sangramento. Neste período também aumentam a chances de se contrair conjuntivite viral, alérgica, síndrome do olho seco e infartos, principalmente em quem já tem problemas cardiovasculares.

    Leia tudo sobre: umidadealertaseco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG