Último dia para recarregar bilhete único do Metrô e CPTM sem reajuste

Usuários de trens e Metrô quer recarregarem o bilhete único neste sábado pagarão R$ 2,90 por viagem, R$ 0,10 a menos que a nova tarifa

iG São Paulo |

Os usuários do transporte público da cidade de São Paulo que quiserem garantir a tarifa de R$ 2,90 para os bilhetes Metrô e da da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) têm até este sábado para garantir a recarga no bilhete único sem o reajuste de R$ 0,10. O crédito máximo é de R$ 200, o que pode gerar uma economia de R$ 4.

A tarifa vai subir para R$ 3,00 a partir deste domingo (12). O aumento 3,5% - R$ 0,10 - é menor do que a inflação registrada nos últimos 12 meses pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador que determina o valor do reajuste.

Transporte alternativo: Metrô de São Paulo libera bicicleta nas escadas rolantes

AE
Reajuste será aplicado no dia 12, domingo da semana que vem. Tarifa vai subir para R$ 3,00

Os ônibus intermunicipais operados pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) também vão sofrer aumento. Mas os valores variam de linha para linha, de acordo com a extensão do trecho percorrido. A relação com os valores está no site da EMTU, clique aqui conferir a tabela.

Já a tarifa integrada de Metrô e trens com os ônibus municipais, da SPTrans, teve um reajuste maior: R$ 0,16, ou 3,56% a mais. Foi de R$ 4,49 para R$ 4,65. O IPCA acumulado desde o último reajuste é de 6,5%. Questionados, nem a Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos nem o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado, explicaram por que, neste ano, o reajuste ficou abaixo da inflação.

O reajuste dos preços foi divulgado no dia 3 . Em nota, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos apenas justificou o aumento das tarifas dizendo que "o reajuste é necessário para manter o equilíbrio financeiro das empresas (Metrô e CPTM). Entre fevereiro de 2011 e fevereiro de 2012, o Metrô e a CPTM tiveram elevados todos os seus custos (salários, eletricidade e todos os insumos para operação e manutenção do sistema)".

*com AE

    Leia tudo sobre: são paulotrenscptmmetroaumento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG