Segundo informações do sindicato dos funcionários da Fundação Casa de Itaquera, não há reféns

selo

A Tropa de Choque e a Polícia Militar foram enviadas à Fundação Casa de Itaquera para controlar um motim de internos que começou às 12h40 deste domingo após uma tentativa de fuga frustrada. Os detentos rebelados queimaram colchões nos telhados da instituição.

Segundo João Faustino, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo (Sitraemfa), a informação é de que não há reféns.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.